Definição de Parkour

David_Belle_vault
Parkour, prática corporal e fenômeno cultural, que se desenvolveu a partir do princípio de se deslocar de um ponto a outro, de forma segura e eficiente, utilizando apenas o corpo como ferramenta, como idealizado e difundido originalmente por seus fundadores e/ou precursores.”

O Parkour surgiu na década de 80, em Lisses, na França, consiste em deslocar-se de um ponto a outro livremente, transpondo qualquer obstáculo imposto pelo ambiente de forma simples segura e rápida, sendo o corpo a única ferramenta.

  • A prática originou-se a partir da adaptação de técnicas militares de treinamento e movimentação, transmitidas por Raymond Belle aos pioneiros da prática e adaptadas ao cenário urbano. No entanto, as origens do Parkour recorrem ao Método Natural de Georges Herbert como real influência. É deste método de educação física – baseado nos movimentos naturais do ser humano – que deriva o Parcours du Combattant e serve de alicerce para o que conhecemos como Parkour.
  • O Parkour é uma disciplina corporal  não competitiva, cujo objetivo é avançar em um percurso qualquer através de técnicas de deslocamento – correr, saltar, escalar, etc. adaptada para maior eficiência. Uma forma de fortalecimento consciente e progressivo, com base no treinamento físico — alicerce para o treinamento técnico e mental —, fundamentado na autopreservação e no desenvolvimento continuado. Portanto, a proteção à integridade física e à manutenção da longevidade saudável são partes inseparáveis da rotina de treinamento.
  • O Parkour procura desenvolver plenamente seus praticantes através da auto superação, assim, o culto ao treinamento árduo beneficia não apenas a forma física, mas passa a integrar a essência do praticante, gerando um ser humano completo, físico, mental e socialmente.
  • Trata-se de uma disciplina pautada na evolução pessoal, sendo as tentativas/iniciativas de esportivização (instituição de regulamento, competições ou campeonatos, criação de clubes, times ou equipes rivais) incoerentes. Igualmente, o Parkour não pode ser classificado como esporte radical ou de aventura, e/ou outras variações. Assim, não reconhecemos o Parkour como um esporte dentro desses critérios.
  • O foco concentra-se no desenvolvimento seguro e gradual das habilidades, no julgamento das situações e na autonomia do indivíduo.
  • Intrínseca à prática e à cultura do Parkour existe uma ideologia pautada em valores de altruísmo e liberdade, promovendo a solidariedade, o não preconceito e o respeito mútuo.

Fundadores e precursores: Phung Belle, Châu Belle Dinh, Williams Belle, David Belle, YannHnautra, Frederic Hnautra, David Malgogne, Sébastain Foucan, David Foucan, Guylain N’Guba-Boyeke, Malik Diouf, Charles Perriére e Laurent Piemontesi. As referências citadas dificilmente encontram-se concordantes.

Fonte: Associação Brasileira de Parkour

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s